domingo, 31 de maio de 2009

Literatura:António Rebordão Navarro vence edição 2009 do prémio Edmundo Bettencourt


Funchal, 30 Mai (Lusa) - "A Cama do Gato" foi o original escrito sob o pseudónimo Henrique Lagoaça que venceu este ano o prémio literário Edmundo Bettencourt, atribuído pela câmara municipal do Funchal.
O júri conseguiu "desvendar" que o autor é António Rebordão, o poeta e ficcionista do Porto, nascido em 1933, licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra.
António Rebordão já publicou sete romances, um livro de contos, outro de crónicas, duas peças de teatro, dois ensaios e um livro de poesia.
Recebeu diversos prémios, entre os quais o do Circulo dos Leitores (1988), Alves Redol (1970) e Internacional Miguel Torga (1984).
O júri do prémio Edmundo Bettencourt do município funchalense, que vai na sexta edição, foi este ano constituído por Ana Margarida Falcão, Nelson Veríssimo, José Viale Moutinho, Fernando Figueiredo e Maria Aurora Homem e analisou cerca de quarenta obras concorrentes.

Ler mais no Expresso

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Lobo Antunes quiere dar voz a los que no la tienen


El portugués António Lobo Antunes (Lisboa, 1942) es uno de los escritores más traducidos en el mundo, uno de los más singulares y, en los últimos años, uno de los más premiados. Este jueves, la Casa de América le rinde un homenaje y él, humilde, asegura que "escribe con cosas que los demás desechan".
"Me siento como un hombre que va a la basura y busca cosas que otros no quieren, que echan fuera", explica este autor cuyo nombre suena siempre para el Nobel y al que los premios, aunque le "agradan" y le parecen "un honor", también le dejan "indiferente". "Los premios no te hacen ser mejor o peor escritor", precisa este luso consagrado al amor por la palabra y a la intensidad de las emociones.

Mais em El Mundo.
Mais no Diário de Notícias.

Accuse al Cavaliere nel libro Einaudi rifiuta Saramago


MILANO — Einaudi non pubblicherà Il quaderno, il libro che raccoglie testi let­terari e politici scritti sul blog dallo scrittore porto­ghese José Saramago, pre­mio Nobel per la letteratura nel 1998.
Ne dà notizia «L’Espresso» oggi in edico­la anticipando che l’editore della raccolta di saggi sarà sempre torinese, Bollati Bo­ringhieri, ma soprattutto svelando il motivo della momentanea rottura tra l’autore di Cecità e la casa dello Struzzo. «La nuova opera — scrive Mario Porta­nova — contiene giudizi a dir poco trancianti su Silvio Berlusconi, che di Einaudi è il proprietario».

Mais em Corriere della Sera.
Mais no Público.
Mais em El Mundo.
Mais em El País.
Ainda mais em El País.

Fados no Centro Português


O Instituto Português de Cultura apresenta, esta noite no Centro Português de Caracas, uma sessão de Fados ao Ar Livre, com a exibição do filme Fados, do espanhol Carlos Saura.
A nova obra-prima do galardoado realizador Carlos Saura (Tango nomeado para o Oscar de melhor filme estrangeiro), procura captar a natureza intangível da "saudade" portuguesa e retratar a alma portuguesa através da sua música mais emblemática.
Tendo Lisboa como cenário, o filme explora as relações profundas entre a música e o cidade, e traça a evolução do Fado, das origens africanas e brasileiros à nova geração de Fadistas.
Com supervisão musical de Carlos do Carmo, o filme reúne uma das mais ricas bandas sonoras de "World Music", juntando o melhor dos novos talentos portugueses, como Mariza ou Camané, lendas internacionais, como Caetano Veloso e Chico Buarque, e estrelas em ascensão, como Lila Downs e Lura.
A magistral realização e encenação de Saura transforma a câmara no verdadeiro protagonista, deixando o espectador concentrar-se no essencial: a emoção.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Maria de Lima sobe ao palco em Londres

A actriz Maria de Lima, depois de vários papéis em Hollywood, regressou à "Meca" do teatro para embarcar no projecto inglês "Basildon". A comédia negra sobe ao palco esta terça-feira com a portuguesa num dos principais papéis.

"É uma história real, muito actual. É uma comédia negra passada numa destas cidades construídas depois da guerra um pouco à pressa, que é Basildon, em Essex", explicou ao JN a actriz que representa o papel de uma mulher casada que aceita tirar fotografias pornográficas em troca de dinheiro e um pouco de excitação na vida que a enfastia.

Mais no Jornal de Notícias.

José Carlos Fernandes editado em França

Chegou recentemente às livrarias francesas "Le plus mauvais groupe du Monde", a versão francesa de "A pior banda do Mundo", do autor português José Carlos Fernandes.
Várias vezes premiada em Portugal, esta série já se encontra editado em Espanha, Brasil e Polónia, onde foi bem recebida pela crítica e pelo público.
"A pior banda do Mundo", composta por episódios independentes de duas páginas, alguns dos quais já adaptados em curtas-metragens ou em teatro, que, qual mosaico, vão construindo um retrato alargado e consistente, é uma crónica mordaz do quotidiano bizarro e absurdo dos habitantes de uma cidade sem nome nem data, onde vivem os quatro componentes daquela banda: Sebastian Zorn, Ignacio Kagel, Idálio Alzheimer e Anatole Kopek, que demonstram uma total inépcia para a música.

Mais no Jornal de Notícias.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

79ª Feira do Livro do Porto arranca hoje

A 79ª edição da Feira do Livro do Porto (FLP) vai começar esta quarta-feira, sendo a sua inauguração marcada pelo regresso à Baixa da cidade, após 30 anos no Pavilhão Rosa Mota. O certame apresenta pavilhões renovados e novos horários, «para conciliar com os ritmos citadinos».

De acordo com o presidente da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), Rui Beja, o evento, este ano, vai fechar mais cedo aos dias de semana, às 20:30, tal como aconteceu com a sua congénere de Lisboa. «Caso se verifique, ao final da primeira semana, que há muita gente à hora de fecho, o horário poderá ser alargado por mais uma hora», admitiu.

O regresso à Avenida dos Aliados é, contudo, 34 anos depois de ter saído deste local para a Rotunda da Boavista e depois para o Palácio de Cristal. A mudança para um recinto exterior só foi possível graças aos novos pavilhões, concebidos pela APEL, «modernos e funcionais, que permitem um mais fácil acesso dos visitantes à oferta disponível», explicou o responsáve



Ler mais no Diário Digital
Site oficial da Feira

terça-feira, 26 de maio de 2009

Artista português Jorge Colombo assina capa da "New Yorker"


O designer português Jorge Colombo assina a capa da revista semanal norte-americana "New Yorker", uma imagem que criou recorrendo a uma aplicação do telemóvel iPhone.

Jorge Colombo, que colabora com aquela revista norte-americana desde 1994, desenhou a imagem que surge na capa da próxima edição da "New Yorker" utilizando uma aplicação do telemóvel em que o visor se transforma numa tela e o pincel é o dedo do utilizador. 

O resultado são imagens digitais que se assemelham por vezes a uma pintura impressionista. Para a capa da "New Yorker", Jorge Colombo fez uma paisagem urbana enquanto esperava para entrar no museu Madame Tussaud, em Times Square, em Nova Iorque.


Ler mais no Público

Ler mais em The New Yorker

Pessoa e Camões para moeda de 2,5 euros


Castelo Branco, 26 Mai (Lusa) - Fernando Pessoa e Camões foram escolhidos pelo escultor José Simão para ilustrar a nova moeda de colecção de 2,5 euros que hoje entra em circulação, explicou o autor à Agência Lusa.


A moeda, da colecção "A Língua Portuguesa", será distribuída a partir de hoje pelas tesourarias das instituições de crédito e do Banco de Portugal, anunciou a instituição. A Casa da Moeda está autorizada a cunhar até 150 mil exemplares.

"Tentei encontrar os autores que podiam simbolizar com maior eficácia a língua portuguesa numa pesquisa com o apoio de Natividade Pires, especialista em literatura", professora no Instituto Politécnico de Castelo Branco, disse o escultor José Simão, colega da docente no estabelecimento de ensino superior.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Saramago será el 'gran invitado' de las 'Conversaciones literarias de Formentor'

El premio Nobel de Literatura José Saramago será el "gran invitado" de la segunda edición de las 'Conversaciones literarias de Formentor' cuya celebración tendrá lugar este año entre el 25 y 27 de septiembre -y no en junio como estaba previsto- bajo el tema central de las 'Geografías literarias'.
La consellera de Educación y Cultura, Bàrbara Galmés, remarca que el objetivo las Conversaciones es consolidar Formentor como un espacio de reflexión y diálogo. Asimismo, incidió en la presencia de otros artistas como, entre otros, Alberto Manguel, Félix de Azúa, o los baleares Baltasar Porcel, José Carlos Llop o Llúcia Ramis.

Mais em El Mundo, Espanha.

domingo, 24 de maio de 2009

João Salaviza espera que Palma de Ouro «ajude a dar mais atenção» ao cinema português

João Salaviza, que venceu o Palma de Ouro de curtas-metragens no Festival de Cannes pelo filme “Arena”, garantiu, este domingo, à TSF, que a vitória foi uma completa surpresa. O realizador português de 25 anos acrescentou que quer filmar «com liberdade» e não para fazer negócio.



Mais

sábado, 23 de maio de 2009

María Berasarte - Todas las Horas Son Viejas


Cantar fado em espanhol é uma heresia, diz Carlos do Carmo que alguns dirão. Mas ele não diz isso, diz outra coisa completamente diferente: «novo e muito belo» são as palavras que encontra o fadista para classificar os fados da basca María Berasarte. No final de Novembro do ano passado, ela foi convidada a subir ao palco do Pavilhão Atlântico durante o concerto que celebrou os 45 anos de carreira do fadista rebelde.

Mais
Ainda mais

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Língua: reforma no Instituto Camões



O Governo aprovou hoje a reestruturação do Instituto Camões, através da integração da rede de todos os graus de ensino da língua portuguesa no estrangeiro e com a concessão de maior autonomia financeira para reforço das receitas próprias. No Conselho de Ministros, os objectivos inerentes aos três decretos de reforma do Instituto Camões foram apresentados em conferência de imprensa pelos ministros de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, e da Cultura, Pinto Ribeiro.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

NotiFax de 15 de Maio de 2009

Morreu João Bénard da Costa


João Bénard da Costa, que foi subdirector da Cinemateca Portuguesa desde 1980 e director de 1991 a 2009, foi substituído na direcção da Cinemateca Portuguesa em Janeiro último por Pedro Mexia devido a problemas de saúde.
Nascido em Lisboa em 1935, João Pedro Bénard da Costa, licenciado em Ciências Histórico-Filosóficas, foi um dos fundadores da revista 'O Tempo e o Modo', dirigiu o Sector de Cinema do Serviço de Belas-Artes da Fundação Calouste Gulbenkian e presidia à Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal.
Homem desde sempre ligado ao cinema, João Bénard da Costa dedicou-se ainda à crítica e ao ensaio, tendo participado como actor em vários filmes, grande parte dos quais de Manoel de Oliveira.
Pelo trabalho à frente da Cinemateca, Bénard da Costa foi condecorado em Setembro passado pelo ministro da Cultura, José António Pinto Ribeiro com a medalha de mérito cultural.

Torga em versão SMS


"Diário XII" reescrito: "brincar" com a obra nunca foi a intenção, diz o coordenador do projecto
O "Diário XII", de Miguel Torga, foi convertido para linguagem SMS por duas ex-alunas do Instituto Superior com o nome do escritor, em Coimbra. O resultado está on-line. "Brincar" nunca foi intenção, diz o coordenador do projecto.


Dinis Manuel Alves, docente no Instituto Superior Miguel Torga, em Coimbra, espera, sim, gerar discussão em torno do futuro da língua portuguesa, encontrar respostas que não tem. "Daqui a 100 ou 200 anos, vai ser assim? Não sei. As pessoas escrevem, cada vez mais, com abreviaturas". Os textos dos alunos - mesmo os mais capazes - acusam uma progressiva contaminação da linguagem SMS.


Baltazar Torres expõe na Áustria

Artista português também inaugura amanhã uma mostra individual na Galeria Miguel Marcos,em Barcelona
Baltazar Torres, artista plástico a viver e a trabalhar no Porto, tem granjeado um reconhecimento internacional crescente. Uma exposição individual decorre na Áustria e esta quinta-feira é inaugurada uma outra mostra em Barcelona.
É, actualmente, um dos nomes do panorama das artes plásticas portuguesas mais representados internacionalmente. Baltazar Torres é, como o próprio já reconheceu ao JN, mais conhecido e reconhecido no estrangeiro do que em Portugal.
Actualmente está a decorrer na galeria Mario Mauroner, na Áustria, uma exposição individual de pintura, escultura e instalação, constituída por peças de concepção recente. Baltazar Torres apresenta um conjunto de obras onde surge uma evidente reflexão sobre a relação entre o Homem e a Natureza, empregando as mais diferentes técnicas e registos.

Mais no Jornal de Notícias.

Poesia em Mirandês!

Nos últimos 12 anos, traduziu para Mirandês mais de uma centena de autores portugueses e estrangeiros. O seu trabalho está disponível na Internet.

Jurista, professor convidado na Universidade Nova de Lisboa e vice-presidente do Conselho Directivo da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, Amadeu Ferreira é um homem com várias ocupações profissionais. Apesar dos seus afazeres, dedica-se à escrita, investigação, tradução e história da segunda língua oficial em Portugal.

Ao longo dos últimos 12 anos, já traduziu para Mirandês mais de uma centena de autores portugueses e estrangeiros. Obras como "Os Lusíadas" de Camões, foram traduzidas na íntegra, ou a poesia de Fernando Pessoa e seus heterónimos. Para já, estão disponíveis na Internet, através do http://lhengua.blogspot.com.

Mais em Jornal de Notícias.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Leonel Vieira prepara filme de acção que rodado no Brasil

O filme será uma co-produção entre Portugal e Brasil, será falado em inglês e em português e envolverá um elenco internacional.
De acordo com a revista Variety, o filme, em inglês "The great game", tem um orçamento de quatro milhões de dólares (2.9 milhões de euros) e será produzido pela Stopline Filmes, pela Castello Lopes Multimedia e pela produtora brasileira CCFBR.

O filme terá como pano de fundo as favelas do Rio de Janeiro, as escolas de samba e o mundo dos jogos ilegais, refere a revista norte-americana.

Mais no Diário de Notícias.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Escultura de José Saramago na Azinhaga muda de mãos


A escultura de José Saramago a edificar na Azinhaga, terra natal do Nobel, já não será da autoria do escultor José Rodrigues, mas sim de Armando Ferreira, nome menos conhecido, mas cujo projecto obteve a aprovação da comissão promotora.


A escultura que irá perpetuar a obra de José Saramago na terra que o viu nascer, Azinhaga, afinal já não será esculpida por José Rodrigues. A comissão promotora do monumento mostrou-se insatisfeita ao ver a obra em barro, garantindo não ver nela o retrato do Nobel da Literatura. Os organizadores insistiram para que o escultor fizesse alguns reparos, por exemplo, nos olhos e no nariz. José Rodrigues tentou, mas, mesmo assim, o trabalho final não agradou à comissão promotora, o que levou o escultor, irritado, a destruir a peça.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Mísia: Anarquista del fado



Mísia pasó años remando a contracorriente. Buscando nuevas formas de hacer fado, reinventándolo en todos los rincones del mundo, de una manera que es sólo suya. Y al noveno disco, cuando ya parecía que la gente se acostumbraba a este fado tan poco convencional, otro giro más. Y vuelve a sorprender.


'Ruas' [calles] —compuesto por dos CD, 'Lisboarium' y '&Tourists'— es como una habitación con dos ventanas: una para Lisboa y otra para el resto del mundo. Y junto con un primer disco de fados, Mísia saca una especie de disco 'outsider', con versiones de los Nine Inch Nails y los Joy Division, canciones turcas, napolitanas y japonesas. Todo está envuelto en un mismo paquete, que sale a la venta en España el 19 de mayo. En junio empieza la gira de presentación de su disco, que pasará por Valladolid (5 de junio), Madrid (3 de julio), Barcelona (4 de julio) y Sevilla (16 de diciembre).


Feira do Livro: Edição de Lisboa superou a de 2008

O presidente da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) disse hoje que a edição deste ano da Feira do Livro de Lisboa superou "entre 10 e 20 por cento" a de 2008.
Num balanço sobre a edição desde ano da Feira do Livro de Lisboa, que terminou domingo, Rui Beja disse que a 79.ª edição da Feira do Livro de Lisboa superou a de 2008 "entre os 10 e os 20 por cento em relação ao ano anterior quer em número de visitantes, quer de compradores e de volume de vendas".

Mais no Diário de Notícias.

Benedetti visto por Saramago…

El escritor y premio Nobel de Literatura José Saramago lamentó la muerte del escritor uruguayo y alabó su categoría literaria y humana. "Siempre quedaba esa ingenuidad que es pensar que lo inevitable se puede posponer, pero no se puede, y cuando llega, como acaba de llegar para Mario Benedetti, es muy duro".
El escritor portugués comentó que "todos sabíamos que Mario estaba mal, que con la enfermedad que tenía en cada minuto estaba en riesgo. La ingenuidad no ha sido posible. No hay milagros", lamentó.

Mais em El Mundo.
Mais em El País

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Phaidon reúne em livro os últimos dez anos da obra de Álvaro Siza


A editora Phaidon – líder mundial em publicações dedicadas às artes visual, fotografia, arquitectura e design – vai lançar um livro que traça uma retrospectiva da obra do arquitecto português Álvaro Siza durante a última década.

A obra, que se intitula “Álvaro Siza: The Function of Beauty” passa em revista algumas das suas mais recentes obras, descrevendo o português como “um dos mais importantes e influentes arquitectos no activo”.

Mais no Público.

Acordo Ortográfico: Deputados avaliam petição em contra

Foram 113 mil as pessoas que subscreveram o abaixo-assinado, cujos argumentos foram aceites por comissão parlamentar.

A Assembleia da República debate na próxima quarta-feira o relatório da Comissão Parlamentar de Ética, Sociedade e Cultura relativo a uma petição pública contra o Acordo Ortográfico.

Entre os subscritores do abaixo-assinado encontram-se Vasco Graça Moura, Ana Isabel Buescu, António Lobo Xavier, Eduardo Lourenço, Helena Buescu, José Pacheco Pereira, Silva Peneda, Luís Fagundes Duarte, Maria Alzira Seixo, Mário Cláudio, Paulo Teixeira Pinto, Vítor Aguiar e Silva, Vitorino de Magalhães Godinho e Zita Seabra.

Fonte dos peticionários disse à Lusa que este debate poderá alterar algumas "situações caóticas" que o Acordo prevê.

Mais no Diário de Notícias.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Inês Pedrosa sugere centro cultural no Pavilhão de Portugal

A directora da Casa Fernando Pessoa, Inês Pedrosa, criticou hoje a falta de aproveitamento do Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, e sugeriu a transformação do espaço num centro de literatura e artes.
«Fez-se uma obra daquelas e está abandonada. Andou o Siza [Vieira] a pensar aquilo e agora é usado de vez em quando para galas, casamentos e baptizados», criticou a responsável.
A directora da Casa Fernando Pessoa falava no Teatro S. Luiz, durante um dos seminários de preparação da Carta Estratégica de Lisboa.

Mais detalhes aqui.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Guimarães Capital da Cultura em 2012


Guimarães foi esta terça-feira oficialmente indicada como Capital Europeia da Cultura (CEC) em 2012. O Conselho de Ministros da Cultura da União Europeia reuniu em Bruxelas e confirmou a designação da cidade portuguesa como sede do evento, juntamente com Maribor (Eslovénia).

A decisão pôs fim a um processo de candidatura que durava há mais de dois anos e meio, desde que a então Ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima, anunciou que a cidade seria a candidata nacional à CEC de 2012. Guimarães torna-se a terceira cidade portuguesa a ser indicada como CEC, depois de Lisboa e Porto.


Mais no Público.
Informação adicional sobre Guimarães.

Prémio para Mário de Carvalho… outro!



O escritor Mário de Carvalho é o vencedor do Prémio Literário Vergílio Ferreira/Consagração atribuído este ano pela primeira vez pela Universidade de Évora e pela Câmara Municipal de Gouveia, foi ontem anunciado pela autarquia.

O nome foi revelado durante a realização dos Ciclos Vergilianos, que ontem terminaram em Gouveia e reuniram investigadores, docentes e estudiosos da obra do escritor natural de Melo, naquele concelho. Fonte da Câmara de Gouveia explicou à Agência Lusa que "quer a Universidade de Évora quer o Município têm um prémio" alusivo ao escritor, mas este ano "ambas as instituições associaram-se e criaram este prémio de consagração", que visa distinguir um autor nacional, "com base no seu percurso e na sua obra".

Mais no Diário de Notícias.

Sociedade de Autores distingue 28 personalidades

Vinte e oito personalidades de diferentes áreas da Cultura são distinguidas dia 21, Dia do Autor Português, pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) com a Medalha de
"Esta é uma forma de homenagear os autores portugueses e a criatividade em diferentes áreas", explicou à agência Lusa fonte da SPA.
A mesma fonte sublinhou que "a entrega e empenho de todos os distinguidos, sendo esta uma forma de reconhecimento por esse trabalho".
Na área do teatro são distinguidos, a actriz Alina Vaz, que este ano completa 50 anos de actividade teatral e que adaptou vários romances de autores portugueses para teatro radiofónico, e ainda Edgar Gonçalves Preto, autor de vários textos de revista, José Lopes de Almeida, Nicolau Breyner, Norberto Barroca, e Vítor Pavão dos Santos.
Na área da música é distinguido o compositor e guitarrista José Fontes Rocha, autor de muitos fados e de arranjos musicais para Amália Rodrigues, com mais de 50 anos de carreira, e ainda António Chaínho, Eugénio Pepe, Fernando Ribeiro, o maestro José Atalaya, o poeta Lopes Vítor, Paulo Alexandre e Sílvio Pleno.
Altino Tojal, Casimiro de Brito, Luísa Ducla Soares, Maria Teresa Horta, Maria Velho da Costa, Mário Cláudio e Vasco Graça Moura são os escritores distinguidos.
Maria Gabriel é a única artista plástica galardoada, enquanto na área da rádio, televisão e cinema receberão a Medalha de Honra Helder Mendes, João Matos Silva, Manuel Jorge Veloso, a realizadora Monique Rutler, o locutor Orlando Dias Agudo e Rogério Ceitil.
No mesmo dia o cantor e compositor José Cid será distinguido com o Prémio Consagração de Carreira.
A fadista Aldina Duarte encerrará a sessão que decorrerá na Galeria Carlos Paredes, com a apresentação do seu mais recente álbum, "Mulheres ao espelho".

Mais no Diário de Notícias.
Mais no Público.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Zeca Afonso dá nome a parque em Santiago de Compostela



O nome de Zeca Afonso vai ser atribuído domingo, dia 10 de Maio, a um parque de lazer em Santiago de Compostela, na Galiza, numa homenagem promovida por um grupo de admiradores do cantautor português.


Trata-se de uma área relvada, com mais de quatro mil metros quadrados, situada a poucos metros do local onde, a 10 de Maio de 1972, Zeca Afonso cantou pela primeira vez em público «Grândola, Vila Morena».


«É uma forma de assinalar os 35 anos desse concerto memorável», explicou Xoan Guitian, um dos promotores da homenagem.

Museu da Língua Portuguesa...


O Museu da Língua Portuguesa vai, afinal, ficar mesmo instalado no edifício que acolheu o Museu de Arte Popular, em Belém, e a sua instalação vai ficar a cargo da sociedade Frente Tejo, S.A.A decisão foi hoje tomada em Conselho de Ministros, que a justifica dizendo que a intervenção visa “promover a requalificação do edifício do antigo Museu de Arte Popular, situado na Avenida de Brasília, reconvertendo aquele que foi originalmente o pavilhão da Vida Popular da Exposição do Mundo Português num inovador e contemporâneo espaço multimédia e centro privilegiado de promoção da língua portuguesa”.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Teresa Salgueiro: "Quis exaltar a qualidade das nossas raízes musicais"

Teresa Salgueiro tem um novo trabalho discográfico. Chamou-lhe "Matriz". Neste que é o seu terceiro disco a solo, a voz que já foi dos Madredeus faz um percurso por sete séculos da música portuguesa.


Esta longa viagem começa com cantigas de amigo, do século XIII, uma delas assinada por D. Dinis, passa pelo vira e pelo malhão, faz uma incursão pelo fado ("Com que voz" e "Foi Deus", ambos imortalizados pro Amália) e termina com dois temas contemporâneos, de Fernando Lopes-Graça e Fausto.

Teresa Salgueiro, que produziu na totalidade este seu álbum, diz que "Matriz" é o disco que sempre sonhou fazer. Assume-o mesmo como o seu primeiro trabalho em nome próprio. "Queria exaltar a qualidade e a variedade das nossas raíses musicais, da nossa cultura", disse em entrevista ao JN.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Tradutora de Saramago galardoada em Barcelona

Núria Prats Espar foi galardoada com a edição 2009 do Prémio de Tradução Giovanni Pontiero pela sua tradução em catalão do livro "A Viagem do Elefante".

Tradutora de autores como Antonio Tabucchi, Clarice Lispector, Mia Couto, Manoel de Barros, Bernando Atxaga e Manuel Rivas, a vencedora da nona edição do prémio recebeu o galardão numa cerimónia em Barcelona.

O Prémio de Tradução Giovanni Pontiero, uma iniciativa do Centro de Língua Portuguesa/Instituto Camões de Barcelona e pela Faculdade de Tradução e Interpretação da Universidade Autónoma de Barcelona (UAB), está destinado a traduções de obras literárias, de qualquer género, escritas originariamente em língua portuguesa e publicadas em espanhol ou catalão.

Mais no Jornal de Notícias.
Mais no Instituto Camões.
Mais em Universitat Autónoma de Barcelona.

Lobo Antunes ‘Honoris Causa’ pela U. de Constança


António Lobo Antunes recebe sexta-feira o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade "Ovidius", de Constança, na Roménia, onde ao longo desta semana decorrem várias actividades dedicadas ao escritor português.

A cerimónia de entrega da distinção ao autor de As Naus chegou a estar prevista para o ano passado, na mesma data, mas por razões de saúde do escritor não se pôde realizar.

Lobo Antunes, que está na Roménia, em Bucareste, desde segunda-feira, terá no dia do seu doutoramento Honoris Causa um encontro com estudantes e professores da Universidade "Ovidius".

A atribuição da distinção tem o apoio da cátedra ‘António Lobo Antunes’ da Faculdade de Letras da Universidade "Ovidius", dirigida pela professora Daniela Tutunea, bem como do Centro de Língua Portuguesa (CLP) do Instituto Camões naquela faculdade e da Embaixada de Portugal.

Saramago e Nuno Álvares Pereira…



A propósito da canonização de D. Nuno Álvares Pereira, o Nobel escreveu, no seu Caderno, uma interesante nota sobre o agora São Nuno de Santa Maria onde, socorrendo-se de um texto de Fernão Lopes, chama a nossa atenção para alguns factos menos conhecidos da vida do Condestável.

A saborosa crónica começa assim:

O refrão diz que santos da casa não fazem milagres, salvo que a igreja venha um dia afirmar o contrário, que sim senhor os fazem, a dificuldade só está em documentá-los, em reunir testemunhos bastantes e crer na fiabilidade deles. Ao que parece, Nuno Álvares Pereira, até há pouco tempo Beato de Santa Maria para a igreja católica, fez um milagre na vida, um único, mas mais do que suficiente para o elevar à suprema dignidade dos altares, como o acaba agora mesmo de decidir o papa Ratzinger, para quem, pela amostra, qualquer milagre serve.

Mais no Blogue José Saramago.

Jóias da Rainha Santa Isabel na Catalunha



Uma exposição de peças de joalharia e arte religiosa da Rainha Santa Isabel estará patente a partir de hoje e até Setembro no Museu de História da Catalunha.


Intitulada "Princesas de Terras Distantes", a mostra insere-se numa exposição de objectos de ourivesaria medieval pertencentes a rainhas catalãs e húngaras que no século XII marcaram as respectivas cortes.

Dulce Pontes lança CD "Momentos"

Dulce Pontes celebra os 20 anos de carreira artística com o lançamento do duplo álbum "Momentos", desde esta terça-feira à venda. A compilação reúne 17 temas que a cantora popularizou e que foram gravados em conceituadas salas de espectáculo de Portugal, Espanha, Grécia, Itália, Holanda e Reino Unido.

O duplo CD inclui ainda os duetos com José Carreras, no tema "Todos somos um", que foi o hino oficial do concurso "7 maravilhas do Mundo" e com George Dalaras em "O mar e tu". A destacar ainda a participação de Stefanos Koskolis, que assina os arranjos e a orquestração de "Por esse mar", tema que o músico e compositor também acompanha ao piano.

Mais no Jornal de Notícias.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Evolution of Human Consciousness, With Words, Music and Brain Imagery




Give the composer Bruce Adolphe credit for taking on the big issues. Inspired by the research and writings of the neuroscientist Antonio Damasio, who directs the Brain and Creativity Institute at the University of Southern California, Mr. Adolphe asked Mr. Damasio to collaborate on a work that would combine text, music and imagery of brain activity to evoke the evolution of the human mind. Mr. Adolphe also recruited Yo-Yo Ma, an old friend from his Juilliard School days, for the collaboration.

Ensayo sobre la ceguera de la influenza porcina

José Saramago é, sem a mais a pequena sombra de dúvida, o mais internacional dos nossos escritores contemporâneos. Textos seus ou fases suas aparecem frequentemente nos meios de comunicacao – a propósito ou nao – para relacioná-los com temas por vezes absolutamente desligados da suas obra. Não sabemos o que opinirá o Nobel portugués desta questão . De muitos casos talvez num chegue a saber.

Como uma curiosidade e evidência do que acabamos de escrever, apresentamos aqui um artigo aparecido hoje no jornal espanhol El País.

Ver artigo na fonte.

terça-feira, 5 de maio de 2009

Vasco Granja morreu esta madrugada em Cascais



Vasco Granja, divulgador de banda desenhada e do cinema de animação em Portugal, morreu esta madrugada em Cascais. Tinha 83 anos. Autodidacta e com múltiplos interesses culturais ao longo da sua vida, Vasco Granja nasceu em Campo de Ourique (Lisboa) a 10 de Julho de 1925.


Começou a trabalhar, ainda muito novo, nos antigos Grandes Armazéns do Chiado, e depois ao balcão da Tabacaria Travassos, na baixa lisboeta, que consideraria, anos mais tarde, a sua universidade. O seu interesse pelo cinema surge na adolescência e aos 16 anos chegaria a ser admitido como segundo assistente de fotografia no filme “A Noiva do Brasli”, de Santos Neves.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

IndieLisboa: Filmes nacionais

Nos bastidores do IndieLisboa Festival Internacional de Cinema Independente –, a satisfação é grande: nem mesmo a tão apregoada crise conseguiu afastar das salas o público interessado no cinema alternativo, saldando-se a edição deste ano num retumbante êxito.


"Os números estão ao nível dos do ano passado, ou seja, entre 35 500 e 36 000 espectadores", disse ao CM Rui Pereira, um dos directores do festival, que ontem terminou. A satisfação é tanto maior quanto, ao fazer contas, se percebe que o interesse pela produção nacional está em alta.

Mais no Correio da Manhã.

Obra Musical de Bruce Adolphe Inspirada em "O Erro de Descartes" de António Damásio


On May 3, the American Museum of Natural History in New York hosts an unusual premiere, combining music, neuroscience and giant images of the brain.

Self Comes To Mind is a collaboration between composer Bruce Adolphe and neuroscientist Antonio Damasio, known for his research and writing on the evolution of human consciousness.



Ler mais

domingo, 3 de maio de 2009

Lobo Antunes na Feira do Livro de Lisboa


Lobo Antunes cumpriu dever.

O escritor António Lobo Antunes esteve ontem, até ao final da tarde, na 79º edição da Feira do Livro, em Lisboa, para uma sessão de autógrafos, que se revelou bastante concorrida e atraiu mais visitantes ao Parque Eduardo VII.

"É muito agradável estar aqui e um dever para com os leitores", disse o autor, que admitiu ainda não ter visitado o restante espaço da Feira do Livro.

Mais no Correio da Manhã.

Saramago ausente da Feira do Livro de Lisboa


José Saramago é o grande ausente da 79ª Feira do Livro de Lisboa, que abre hoje. O Nobel da Literatura já informou a Editorial Caminho de que o seu estado de saúde impede a tradicional participação no evento, que decorre até 17 de Junho no Parque Eduardo VII.

No início deste mês Saramago esteve internado uma semana num hospital de Lanzarote, nas ilhas Canárias, com dificuldades respiratórias. Teve alta a tempo de participar num debate com o colombiano Sigifredo López, ex-refém das FARC, mas na semana passada não veio a Lisboa assistir ao lançamento do livro ‘Uma Longa Viagem com José Saramago’, também por motivos de saúde.

Mais no Correio da Manhã.